Prefeitura divulga o Plano Municipal de Educação

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Educação, divulga para consulta pública o documento base do Plano Municipal de Educação, que estará disponível a partir desta sexta-feira, 26 de junho, até o dia 12 de julho, pelo site da Prefeitura de Limeira. A Pasta informa também que já está agendada a Conferência Municipal que será realizada no dia 16 de julho, às 19h, no Teatro Nair Bello, Parque Cidade de Limeira.

 

Conforme previsto na Constituição Federal, o Plano Nacional de Educação (PNE), publicado em 26 de junho de 2014 é uma lei ordinária que estabelece, para um prazo de dez anos, as diretrizes, metas e estratégias para a área da Educação. A partir dele, Estados e Municípios devem se organizar para elaborar seus próprios planos garantindo ampla participação da população local.

 

A secretária de Educação, Adriana Ijano Motta, reitera a importância da participação da sociedade para que sejam definidas as vinte metas do Plano Municipal. “Lembrando que o Plano Municipal de Educação (PME) de Limeira não é um documento da Secretaria Municipal de Educação e de nenhuma outra rede de ensino em específico, mas sim da cidade. E, portanto, contém metas que visam à melhoria da qualidade da educação no município em todas as modalidades, quer seja, Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação Superior ou Educação de Jovens e Adultos, oferecidas por entidades públicas ou privadas”, frisou.

 

O munícipe que desejar acessar o conteúdo do PME deve acessar o link:http://goo.gl/forms/DVRxswNh0X

A inscrição para Delegado (a), deverá ser realizada, por meio deste link: http://goo.gl/forms/1fBTc1IGGs

 

Alunos participam do Sarau Vinícius de Moraes

Os alunos das escolas municipais de Limeira participaram do Sarau Vinícius de Moares. O projeto que trabalha os poemas e as canções do poeta e compositor, vem sendo trabalhado nas escolas desde o mês de maio, com o objetivo de proporcionar cultura e música de qualidade, por meio de autores renomados. O Sarau ocorreu nesta sexta-feira, 26 de junho, no Teatro Nair Bello, Parque Cidade.

 

O chefe do departamento de formação da Educação, Ricardo Pereira, falou sobre a importância do projeto no desenvolvimento cultural dos alunos. “Este projeto tem também, além dos alunos, a intenção de ampliar o repertório dos professores nesses aspectos culturais, de forma que seja refletido nos alunos. É também papel da escola levar ao conhecimento dos alunos o repertório desse autores, isso tem um impacto no desenvolvimento educacional muito positivo”, destacou.

 

Para a professora e coordenadora da disciplina de língua portuguesa, Suzelaine C. De Souza Martim, este circuito cultural que vem sendo trabalhado nas escolas, por exemplo a Semana Monteiro Lobato, é uma forma de resgatar as obras desses autores, além de proporcionar o acesso dos alunos a essas obras. “O nosso objetivo é ampliar esse circuito cultural nas escolas. É importante que as unidades também trabalhem esses conteúdos na sala de aula, de forma que amplie o repertório dos professores e principalmente dos alunos”, salientou.

 
Cerca de 300 alunos participaram do Sarau, que também está sendo desenvolvido no projeto Mais Educação, da escola em Tempo Integral. O projeto está sendo organizado e produzido pelas professoras e contadoras de histórias, Mara Belo e Amanda Hergert Straliotto, com apoio da equipe de coordenadores de área da Secretaria de Educação. Elas falaram sobre a importância de proporcionar momentos de cultura aos alunos.

 
“Esse projeto faz parte do Recanto das Histórias, em parceria com a Biblioteca da Secretaria de Educação, e tem a intenção de proporcionar às crianças o acesso à cultura, a música de qualidade e a oportunidade de conhecerem um sarau. Após ouvirem as histórias, as crianças têm a oportunidade de irem até a biblioteca para lerem os livros que retratam as histórias desses autores que são trabalhados no currículo pedagógico”, explicaram as contadoras de histórias, Mara e Amanda.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Adilson Silveira

Foto Adilson Silveira (1) Foto Adilson Silveira (2) Foto Adilson Silveira (3) Foto Adilson Silveira (4) Foto Adilson Silveira (5) Foto Adilson Silveira (6) Foto Adilson Silveira (7) Foto Adilson Silveira (8) Foto Adilson Silveira (9) Foto Adilson Silveira (10) Foto Adilson Silveira (11)

Colmeia oferecerá novas vagas a partir de julho

As inscrições para o cursinho pré-vestibular Colmeia estarão abertas a partir do dia primeiro de julho e se encerrarão no dia 31 do mesmo mês. O cursinho é destinado para jovens que tenham concluído o ensino médio na rede pública ou que tenham sido bolsistas em escolas particulares, além da renda per capita familiar não ultrapassar um salário-mínimo e meio.

O Colmeia é realizado pela Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Educação, em parceria com a Unicamp. O link para realizar o cadastro estará disponível a partir do dia primeiro, data em que se iniciam as inscrições.

A chefe do departamento de serviço social educacional, da Secretaria de Educação, Maria Helvira Hansen Martins, informou que as inscrições serão para suprir as vagas remanescentes para turmas da tarde e da noite. Nos dois períodos as aulas serão ministradas no Centro Comunitário do Jardim Morro Azul.

“Teremos 50 vagas para o período da tarde e mais 50 vagas para o noturno. O vestibulinho será realizado no dia 5 de agosto, às 18h, na Faculdade de Ciências Aplicadas – Unicamp. Isso valerá para os inscritos que tiverem sua avaliação socioeconômica aprovada pelo serviço social da Secretaria de Educação”, salientou Maria Helvira.

Outras informações poderão ser obtidas pelos telefones do serviço social da Educação: 3404-1843 / 3404-1844 / 3404-1845 / 3404-1846.

Jornalista: Vanessa Ferreira
Créditos: Divulgação.
unnamed

Hadich lança o Projeto Mãos Dadas

A Prefeitura de Limeira, através do Ceprosom (Centro de Promoção Social Municipal) e da Secretaria de Educação, realizou na manhã desta terça-feira, 23 de junho, o ato de assinatura do projeto Mãos Dadas.

A iniciativa é fruto de uma parceria entre o Ceprosom e a Secretaria de Educação e consiste em um conjunto de ações de busca ativa das famílias mais vulneráveis de Limeira. O Projeto Mãos Dadas visa incluir famílias vulneráveis de Limeira nos serviços, programas, projetos e benefícios da Política Municipal de Assistência Social e Educação.

As inclusões ocorrerão principalmente no Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família, no Projeto Cesta Verde e na Educação de Jovens e Adultos. Na educação, as ações estarão concentradas, em um primeiro momento, nas chamadas escolas prioritárias.

Estiveram presentes na cerimônia o prefeito Paulo Hadich, a presidente do Ceprosom, Ana Maria Sampaio, a secretária de Educação, Adriana Ijano Motta, a vereadora Erika Tank e o vereador Wilson Cerqueira.

Para Hadich, é preciso preparar a cidade para o futuro garantindo que as pessoas tenham acesso à educação. “Existem famílias que não enxergam a possibilidade de melhora na qualidade de vida. Esse projeto vai atrás de cada um, apresenta um mundo de possibilidades e afirma que esse mundo é acessível para eles. Com isso podemos mudar o destino dessas pessoas e dessas famílias”, declarou.

Segundo Ana Maria, incluir os invisíveis nas políticas públicas é um ganho para a sociedade. “Quanto maior o acesso à educação e saúde, mais qualidade de vida essas famílias terão. Trabalhando em conjunto pela inclusão dessa parcela da população também atendemos a um dos eixos do governo Paulo Hadich, que é a intersetorialidade”, afirmou.

Adriana disse que esta é uma grata possibilidade de trabalhar em parceria. “Dentro deste mapeamento feito pelo Ceprosom estão os analfabetos e nós temos capacidade de atendê-los. Mas, as pessoas precisam chegar nos serviços, por isso já estamos fazendo a busca ativa. Isso contribuirá positivamente para a qualidade de vida das pessoas”, disse.

Através do Cadastro Único, foram identificadas 1188 pessoas de 15 a 58 anos que não concluíram o Ciclo 1 do Ensino Fundamental e em situação de extrema pobreza, pobreza e baixa renda, moradores próximos das escolas prioritárias, com nota do IDEB igual ou menor que 5. A primeira etapa do projeto visa à confirmação e inclusão de 369 famílias, consideradas pelo Programa São Paulo Solidário como as mais vulneráveis do município, na Assistência Social e na Educação.

Jornalista: Elisa Grego

 Créditos: Adilson Silveira

Foto Adilson Silveira (1) Foto Adilson Silveira (2) Foto Adilson Silveira (3) Foto Adilson Silveira (4) Foto Adilson Silveira (5) Foto Adilson Silveira (6) Foto Adilson Silveira (7) Foto Adilson Silveira (8) Foto Adilson Silveira (9) Foto Adilson Silveira (10)

Municípios formarão Comitê Regional de Educação Integral

A Secretaria de Educação de Limeira realizou uma reunião com onze municípios da região que farão parte do Comitê Regional de Educação Integral de Limeira. A reunião que constituiu o comitê foi realizada na última quinta-feira, 18 de junho, no Centro de Formação do Professor, no Parque Cidade.

 

A representante de Limeira no comitê, Sandrine Cristina Ibañes Rossini, explicou que o Comitê Regional de Educação Integral tem o objetivo de estabelecer parceria entre os municípios para o desenvolvimento de atividades de educação integral. “O Comitê tem como finalidade promover a discussão, o debate e o aprofundamento das questões relacionadas à educação integral, e realizar estudos que promova a discussão sobre a legislação educacional que contempla a educação integral”, informou.

 

Sandrine disse ainda que é de responsabilidade do comitê apoiar experiências formais e não formais de ensino e aprendizagem ligadas a Educação Integral e toda a sua diversidade. “O Comitê colaborará na formulação de diretrizes para a educação integral, além disso, emitir parecer técnico e pedagógico sobre as iniciativas governamentais e não governamentais voltadas à educação integral”, explicou.

 

A reunião contou também com a presença da secretária de Educação, Adriana Ijano Motta, além dos secretários de Educação e representantes dos municípios de Leme, Araras, Conchal, Mogi Guaçu, Torrinha, Brotas, São José do Rio Pardo, Rio Claro, Artur Nogueira e Cordeirópolis.

 

Os membros titulares e suplentes dos municípios que aderiram ao Comitê se reunirão novamente no dia 4 de agosto para discussão e aprovação do regimento interno e eleição da coordenação.

 

A instituição formal do comitê ocorrerá no mês de setembro com a presença de autoridades e representantes dos municípios partícipes, além de convidados.

 

O Comitê de Limeira será representado por Sandrine Cristina Ibañes Rossini (titular) e Lúcia Helena Ribeiro Cardoso (suplente).

 

Jornalista : Vanessa Ferreira

Créditos: Divulgação

20150608_081118 20150608_082711 20150608_084039 20150608_084918 20150608_085101

Centro infantil oferecerá 100 novas vagas

O centro infantil José Reinaldo Brugnaro II abrirá 100 novas vagas em creche a partir do próximo mês, em julho. O prefeito Paulo Hadich, a secretária de Educação, Adriana Ijano Motta, e a diretora da unidade escolar, Araciana Rovai Cardoso Dalfré reuniram-se com os pais contemplados com as novas vagas para darem boas vindas e explicar o funcionamento da unidade. A reunião com os pais ocorreu nesta sexta-feira, 19 de junho, na Secretaria de Educação.

 

O centro infantil José Reinaldo Brugnaro II é uma extensão da unidade José Reinaldo, localizada no Jardim Santo André. Nesta segunda unidade serão disponibilizadas 100 novas vagas para crianças de 0 a 3 anos, que já aguardavam vaga pelo projeto “Creche com Fila Única”.

 

Paulo Hadich falou sobre a satisfação de conversar com os pais contemplados com as novas vagas. “Nosso objetivo é lutar para que todas as crianças tenham acesso à creche. E também garantir cada vez mais educação de qualidade para as nossas crianças de 0 a 3 anos”, salientou.

 

Hadich disse ainda que a meta é abrir mais mil novas vagas em creche ainda este ano. “Estamos fazendo uma extensão da creche José Reinaldo para garantir mais vagas. Utilizaremos todos os recursos para ampliar e abrir novas creches”, destacou.

 

A secretária de Educação, Adriana Motta, falou aos pais sobre a garantia de qualidade do serviço prestado pelo centro infantil José Reinaldo, além da capacidade da equipe gestora da unidade. “A unidade prestará um bom serviço educacional aos filhos de cada um de vocês. Peço para que todos os pais construam uma relação de proximidade com a escola e com a Secretaria de Educação. Nesse primeiro momento as crianças que ingressarão na creche precisam muito do apoio e de ajuda da família. É importante que os pais façam esse papel”, pontuou a secretária.

 

A inauguração da creche José Reinaldo Brugnaro II está prevista para ocorrer no dia 4 de julho, no prédio onde funcionará a unidade, na Rua Senador Vergueiro, 1309, no Centro.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Wagner Morente

DSC_8194a DSC_8212a DSC_8226a DSC_8229a

 

 

Atribuição de Classes 18 e 19/06/2015

ENSINO FUNDAMENTAL
Unidade Escolar Tipo Classe Período tipo de afastamento
EMEIEF ALFREDO CHRISTIANO STAHLBERG EF MAIS EDUCAÇÃO – 10 H/A MANHÃ LEITURA E MATEMÁTICA
EMES – PROF.DR.FERNANDO ANTONIO PINTO EF PÓS ALFABETIZAÇÃO MANHÃ LIVRE
CEIEF MARIA PAULINA RODRIGUES PROVINCIATTO EF MAIS EDUCAÇÃO – 11 H/A TARDE HISTÓRIA, GEOGRAFIA, LEITURA E MATEMÁTICA
EMEIEF MARIA APPARECIDA DE L. MOORE EF 1º ANO 1 TARDE LIC.GESTANTE ATÉ 30/11/15
ENSINO FUNDAMENTAL
Unidade Escolar Tipo Classe Período ESPECIALIDADE Nº de aulas
EMEIEF PASTOR ISMAEL PEREIRA LAGO EF 1º ANO A MANHÃ ED.FÍSICA 3
EMEIEF PASTOR ISMAEL PEREIRA LAGO EF 1º ANO B MANHÃ ED.FÍSICA 3
EMEIEF PASTOR ISMAEL PEREIRA LAGO EF 2º ANO A MANHÃ ED.FÍSICA 3
EMEIEF PASTOR ISMAEL PEREIRA LAGO EF 2º ANO B MANHÃ ED.FÍSICA 3
EMEIEF PASTOR ISMAEL PEREIRA LAGO EF 3º ANO B MANHÃ ED.FÍSICA 3
EMEIEF MARIA APARECIDA DEGÁSPARE EF 1º ANO A MANHÃ ARTES 3
EMEIEF MARIA APARECIDA DEGÁSPARE EF 1º ANO B MANHÃ ARTES 3
EMEIEF MARIA THEREZA S. B. CAMARGO EF 1º ANO 4 MANHÃ ARTES 3
CEIEF ARLINDO DE SALVO EF 1º ANO D TARDE ARTES 3
EDUCAÇÃO INFANTIL
Unidade Escolar Tipo Classe Período tipo de afastamento
EMEIEF MARIA APPARECIDA DE L. MOORE EI 2ª ET 4 MANHÃ LIC.GESTANTE ATÉ 30/11/15
EDUCAÇÃO INFANTIL
Unidade Escolar Tipo Classe Período ESPECIALIDADE Nº de aulas
EMEIEF MARIA APARECIDA DEGÁSPARE EI 1ª ET A MANHÃ ARTES 2
CEIEF RAFAEL AFFONSO LEITE EI M II B TARDE ARTES 2
CEIEF RAFAEL AFFONSO LEITE EI M II C TARDE ARTES 2
CI CÉLIA REGINA SCIARRA EI M II C TARDE ARTES 2
CI CÉLIA REGINA SCIARRA EI 1ª ET A TARDE ARTES 2
CI CÉLIA REGINA SCIARRA EI 1ª ET B TARDE ARTES 2
CI CÉLIA REGINA SCIARRA EI 2ª ET B TARDE ARTES 2

Alunos de Limeira recebem certificado pela participação na Campanha do Agasalho

Os alunos das escolas municipais, estaduais e particulares, que se destacaram com arrecadação de peças, entre roupas e cobertores para a Campanha do Agasalho 2015, receberam o certificado de agradecimento pela significativa contribuição com a campanha. O evento realizado pelo Fundo Social de Solidariedade de Limeira, ocorreu na última sexta-feira, 12 de junho, no Teatro Nair Bello.

 

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Deise Hadich, agradeceu a todos os professores, monitores e alunos pela parceria nesta campanha. “É importante termos esse momento de retribuição a todos que participaram, em especial, às crianças que contribuíram com a nossa campanha. O agradecimento é em nome de toda a população que fará o uso de doação”, destacou.

 

No total, o grupo de Escoteiros 362 arrecadou 3.028 peças, entre roupas e cobertores. Durante a entrega dos certificados, o grupo fez um grito de agradecimento a todos os presentes. Ao final da entrega dos certificados, os alunos foram retribuídos com a peça teatral, “Peter Pan”, oferecida de forma voluntária pelo Espaço Núcleo, de Limeira.

 

 

Para a diretora, Luciana Moreira Hernanes, das escolas municipais, Tia Nastácia e Célio Sampaio, a participação das crianças nesta campanha foi importante no sentido de se conscientizarem quanto à importância de ajudar o próximo. “Os alunos ficaram muito envolvidos com a campanha. Nós contamos, mais uma vez, com a colaboração efetiva da avó de dois alunos da escola Célio Sampaio, que contribuiu para que os netos, pelo segundo ano, conseguissem se destacar com o maior número de roupas arrecadadas. A nossa biblioteca ficou lotada de agasalhos e cobertores. A escola Célio Sampaio arrecadou 1352 peças, e o Tia Nastácia foram 737 peças arrecadas”, informou.

 

 

As conselheiras do Fundo Social, Denise Lima, Teresa Gomes de Melo, Maria José dos Santos e Glória Spagnol, acompanham a entrega de certificados às unidades escolares que estavam presentes nesta entrega de certificados, entre elas, as Emeis Tia Nastácia, Therese Veronesi D’Andreia, Professora Hilda Maria Cassarotti Hafliger, Professor Paulo César Provinciatto, Zé Carioca, Bruno Rizzo Marostegan, Professor Célio Sampaio Silva, e os Centro Infantis Fabio Franco de Oliveira, Orlanda Grisi Rocco, Murilo Lemos, Profesora Márcia Helena Baldove Bettoni.

 

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Wagner Morente
DSC_4268a DSC_4280a DSC_4284a

Conselho Municipal de Educação elege nova Mesa Diretora

Os membros do Conselho Municipal de Educação de Limeira (CME) participaram da votação que elegeu o novo presidente, vice-presidente, primeiro e segundo secretários que irão compor a nova Mesa Diretora, para um mandato de um ano. A votação ocorreu na última quarta-feira, 10 de junho, na sede do CME, ficando definida a posse para o próximo dia 16.

 

Isabel Cristina Rossi Mattos foi eleita presidente e Ana Terezinha Carneiro Naleto, foi eleita vice-presidente. Na votação também foram eleitas, Luciana C. C. Facini (primeira-secretária) e Andreia Vaz Silva (segunda-secretária).

 

Para a presidente eleita, Isabel Cristina, mesmo tendo um currículo profissional na Secretaria de Educação de Limeira, o principal objetivo, acima de tudo, é debater e lutar pela melhoria da educação municipal. “A minha intenção é discutir a educação do município, além de dar continuidade nos projetos que já foram definidos pelo Conselho, como um todo”, frisou.

 

É de responsabilidade da Mesa Diretora, cuidar de todos os trabalhos administrativos, econômico-financeiros e operacionais que serão submetidos à apreciação e deliberação do plenário.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Adilson Silveira

 

Foto Adilson Silveira (4) Foto Adilson Silveira (1)

 

Educadores de Limeira compartilham experiências em encontro

Os professores e coordenadores da rede municipal de ensino participaram do encontro da Educação Integral, do projeto Mais Educação, que serviu para os educadores compartilharem experiências, práticas e pensar em perspectivas para o próximo ano. O evento ocorreu nesta sexta-feira, 12 de junho, durante todo o dia, no anfiteatro da Biblioteca Municipal.

 

A secretária de educação, Adriana Ijano Motta, reiterou quanto à importância das escolas olharem para seu espaço de trabalho e utilizarem todo o material pedagógico disponível nas atividades educacionais. “É importante que as escolas potencializem todo o material disponível. Ensino integral tem também esse desafio de utilizar todo o material que recebemos do Ministério da Educação. As crianças têm direito ao acesso desses materiais”, frisou.

 

O plano de governo municipal prevê ações intersetoriais, ou seja, trabalhar de forma conjunta entre as Pastas. O projeto Mais Educação, da escola em Tempo Integral, conta com o apoio das secretarias de Educação, Cultura, além do Ceprosom (Centro de Promoção Social Municipal), para o seu pleno desenvolvimento.

 

 

Para a secretária de Cultura, Gláucia Bilatto, é importante que a Pasta consiga atender o público-alvo que é a Secretaria de Educação. “Os diretores, os professores e as crianças, são o nosso público-alvo. O objetivo é proporcionar os nossos espaços para a educação utilizar, além de todos os projetos que a cultura desenvolve e os professores que disponibilizamos para trabalhar nas escolas”, informou.

 

 

O secretário de Esporte e Lazer, José Luiz Rodrigues, falou sobre a motivação em contribuir com o projeto de educação integral. “O que motivou essa parceria é saber da importância da atividade física nessa faixa etária escolar. É muito importante trabalhar com o desenvolvimento motor das crianças, principalmente porque temos grandes concorrentes, como o caso da tecnologia, em que muitas vezes as crianças ficam a maioria do tempo na internet”, ressaltou.

 

 

“Vários paradigmas que nós tínhamos com as famílias, estão sendo trocados. Quando nós fazemos assistência com olhar na educação é muito enriquecedor. A partir do momento que esta parceria está dando certo, quem ganhará com isso são as crianças. Nós acreditamos muito nesse projeto”, destacou, a assistente social, Paula Bocaiuva Forster, do Ceprosom.

 

 

Este ano, o projeto Mais Educação, do período integral, contempla 26 escolas municipais, entre Emeiefs e Ceiefs. E mais de 50% das escolas de ensino fundamental já fazem parte do projeto.

 

 

 

“Nossa preocupação em primeiro lugar é com o aprendizado do aluno. Nosso objetivo é que a criança aprenda, por meio da dança, do canto, enfim, o nosso papel é ser educação”, salientou, Isabel Cristina Rossi, diretora pedagógica da Secretaria de Educação.

 

 

O chefe do departamento de formação da Secretaria de Educação, Ricardo Pereira, pontuou quanto ao objetivo de cada unidade escolar em relação ao projeto. “É preciso que as escolas entendam o que desejam com esse projeto. As ações devem ser subordinadas ao objetivo da escola e principalmente entender a educação que está sendo colocada em prática”, destacou.

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Wagner Morente

DSC_4312a DSC_4314a DSC_4322a DSC_6499aa DSC_6509aa