Hadich empossa nova secretária de Educação

O prefeito Paulo Hadich empossou nesta tarde, 20 de janeiro, a nova secretária de Educação de Limeira, Adriana Ijano Motta, que irá assumir o cargo deixado pelo professor José Claudinei Lombardi, o Zezo, e dar continuidade ao projeto pedagógico em desenvolvimento na rede municipal de ensino.

 

A cerimônia de transmissão ocorreu no Teatro Nair Bello e contou com a presença dos secretários municipais, representantes do poder público, de entidades envolvidas com a categoria (Apeoesp, CPP e Sindsel), do Conselho Municipal da Educação, além de membros da sociedade civil organizada.

 

O prefeito Paulo Hadich falou sobre a proposta de se estabelecer uma educação de qualidade para a cidade. “O nosso objetivo inicial foi estabelecer um norte para o projeto pedagógico e isto nós já estamos fazendo. A partir de agora é aperfeiçoar e colocar todo o trabalho pra funcionar ainda mais”, frisou.

 

Hadich disse ainda que a sociedade como um todo deve enxergar a educação como um mecanismo principal de transformação e formação de forma que se fortaleça os laços entre poder público, gestores e pais de alunos. “Não há como construir e formar uma educação de qualidade sozinho. Para saber se estamos adquirindo mudanças e melhorando a nossa qualidade observamos as crianças, que são o nosso principal termômetro de transformação”, salientou.

 

Emocionada, a nova secretária agradeceu a oportunidade de assumir a Pasta e garantiu que dará continuidade ao projeto pedagógico implantado. “Peço apoio de toda a rede e de todos para assumir o compromisso de termos uma qualidade de qualidade para todos os alunos de Limeira. Trabalharei fervorosamente e darei continuidade ao projeto de educação de nossa cidade”, reforçou.

 

Adriana disse ainda que a educação é um processo e nunca será um “produto acabado”. “A educação deve ser sempre aprimorada e valorizada, para assim termos garantia de qualidade”, declarou.

 

O ex-secretário José Claudinei Lombardi explicou o principal motivo de sua saída do cargo de secretário. “Foi solicitado o meu retorno para retomar as minhas atividades acadêmicas na Unicamp”, informou.

 

Sobre o desafio de assumir como secretário de Educação, Lombardi destacou a possibilidade de implementar um projeto pedagógico voltado para a pedagogia histórico-crítica, melhorando o processo de formação dos professores da rede. “Nesta oportunidade pude ver a possibilidade de contribuir para a construção de uma educação pública, gratuita e de qualidade em minha terra natal.”

 

Ao prestar contas de como deixará a educação de Limeira, o ex-secretário contou sobre as dificuldades e os avanços obtidos durante os dois anos que esteve à frente da Pasta. Disse que o processo já foi implementado e está em plena evolução. “Estamos num caminhar de avanço na educação de nossa cidade. Limeira tem uma infraestrutura invejada. Temos um corpo técnico excelente, além de gestores, professores e monitores”, explicou.

 

Além de todos os trabalhos desenvolvidos, Lombardi falou ainda sobre os avanços no IDEB (Índice de desenvolvimento da Educação Básica), na Prova Brasil, no programa Creche com Fila Única e sobre a construção de mais dez creches, todos em desenvolvimento e implementadas enquanto esteve à frente da Pasta. “Saio triste por não ter concluído o trabalho, mas quero dizer que continuarei à disposição da educação da nossa cidade”, declarou.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Crédito: Wagner Morente

DSC_9094a DSC_8776a DSC_8786a DSC_8825a DSC_8872a DSC_8885a DSC_8898a DSC_8912a DSC_8920a DSC_8938a DSC_8996a DSC_9038a DSC_9059a

“Cinema & Literatura” será realizado no Nair Bello

Durante janeiro os moradores de Limeira poderão conferir as exibições de adaptações cinematográficas de obras literárias. O projeto “Cinema & Literatura”, que é uma realização da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Educação, terá exibição nos dias 14, 21 e 28 de janeiro, sempre às 14h, no Teatro Nair Bello. A entrada é franca e faz parte do programa “Férias na Cidade”.

 

Segundo o chefe da divisão de ensino e responsável pelo projeto, Ricardo Pereira, o objetivo das exibições é possibilitar que a partir do filme, seja possível apresentar a obra literária no qual ele se baseia, discutindo seu significado dentro da história da literatura. Da mesma forma, pode-se dimensionar as alterações que foram realizadas na obra literária para o Cinema. “Também é propósito deste ciclo ampliar o repertório cultural do espectador, tornar ativa sua relação com a obra fílmica, bem como ressaltar o potencial pedagógico do Cinema, subaproveitado no espaço escolar”, ressaltou. Este é o segundo ano que o “Cinema & Literatura” é realizado.

 

PROJETO

 

Ricardo explica que desde os primórdios do Cinema, as obras literárias têm servido de matéria-prima para a elaboração de filmes. Apesar desta antiga parceria, permanece o debate sobre a real possibilidade de se adaptar um texto literário para um meio eminentemente audiovisual. Em geral, segundo ele, as adaptações literárias para o cinema são recebidas desfavoravelmente pelo público que já tenha lido a obra adaptada.

 

“As críticas e os comentários negativos enfatizam que as versões cinematográficas de livros são traições aos seus originais literários, que elas não passam de interpretações ou releituras parciais feitas por diretores e roteiristas, repletas de omissões ou simplificações de trechos ou personagens das obras literárias. Ocorre que cinema e literatura pertencem a universos midiáticos distintos, que utilizam elementos específicos para veicular suas mensagens. A palavra escrita, no caso da literatura, e a imagem em movimento, associada ou não ao som, no caso do cinema”, explicou o responsável pelo projeto.

 

Portanto, é compreensível que as adaptações literárias para o cinema contenham mudanças em relação às obras originais. Talvez a melhor maneira de se julgar uma adaptação literária para o cinema não seja pelo grau de fidelidade à obra original, mas por sua eficácia em adequar para um meio estética e formalmente diferente uma dada trama ou estória.

 

FILMES:

 

14 de Janeiro – 14h

 

ORGULHO E PRECONCEITO

Filme de Joe Wright

Baseado no romance de Jane Austen

 

As cinco irmãs Bennet – incluindo Elizabeth (Keira Knightley), de fortes convicções, e a jovem Lydia (Jena Malone) – foram criadas pela mãe (Brenda Blethyn) tendo somente um propósito na vida: casar-se com um bom marido. Quando um rico solteiro compra uma mansão na vizinhança, as irmãs Bennet entram em polvorosa. Quando Elizabeth conhece o belo, porém esnobe, sr. Darcy (Matthew Macfadyen), começa uma engraçada batalha entre os dois. Inglaterra, 2005. Colorido, 127 min.

 

 

21 de Janeiro – 14h

 

FRANKENSTEIN DE MARY SHELLEY

Filme de Kenneth Branagh

Baseado no romance de Mary W. Shelley

 

Kenneth Branagh está no papel de Victor Frankenstein, o estudante de medicina determinado a ganhar poder sobre a vida e a morte. Ele cria um ser vivo a partir de partes de cadáveres, mas o medo e o espanto ante seu próprio feito o levam a rejeitar a criatura a quem deu origem. Abandonada e atordoada, a criatura, vivida por Robert De Niro, acaba tornando-se o algoz de seu criador. EUA, 1994. Colorido, 123 min.

 

28 de Janeiro – 14h

OS MISERÁVEIS

Filme de Bille August

Baseado no romance de Victor Hugo

 

A história é ambientada na França do início do século 19, em meio à crise, à fome e à revolução. Liam Neeson vive Jean Valjean, um homem que roubou um pedaço de pão para alimentar a família e recebeu 20 anos de prisão. Ele foge, consegue nova identidade, reconstrói sua vida e passa a ser prefeito do vilarejo de Vigau. Mas o inspetor Javert (Geoffrey Rush) continua atrás dele, ameaçando tudo o que conseguiu. EUA/Inglaterra, 1998. Colorido, 128 min.

 

Local: Teatro Nair Bello

Rua João Kühl Filho, s/n – Vila São João

Parque Cidade de Limeira

cinema_0

 

 

Alunos passam por avaliação dos olhos

Alunos do Centro Infantil Aldelena Baraldi passaram por uma avaliação de acuidade visual na manhã desta quarta-feira, 3 de dezembro. O projeto “Saúde nas Escolas” é realizado pela Prefeitura de Limeira e teve início na última terça-feira, 2 de dezembro. As atividades terminam na quinta-feira, 4, totalizando cerca de 200 crianças de 3 a 5 anos atendidas.

A Secretaria de Saúde coordena os exames, que são adaptados para garantir uma melhor abordagem com os alunos. Segundo a coordenadora da PSF (Programa Saúde da Família) do Jardim Lagoa Nova, Cássia Gracini, é necessário um tratamento delicado com as crianças. “O aluno tem que estar confortável. Nós explicamos que estamos fazendo uma brincadeira e que precisamos que ele nos diga as figuras que vê”, afirmou.

O teste de acuidade visual comum para adultos ocorre por meio de letras, mas, para as crianças, os agentes comunitários da Pasta apresentaram símbolos diferentes: uma maçã, um guarda-chuva e uma casa. De acordo com Cássia, este é apenas um teste preliminar para identificar as dificuldades de cada um. “Dependendo do diagnóstico, a criança já é encaminhada para um pediatra e, posteriormente, um oftalmologista”, comentou.

A agente comunitária Maísa Regina Pires informou que uma visão de baixa qualidade pode causar diversos problemas na vida da criança. “Uma das consequências da visão ruim é a falta de atenção, o que pode afetar até no desenvolvimento escolar”, ressaltou. Entre os casos mais comuns nos alunos, estavam as alergias. “Alertamos aos pais para ficarem atentos: se os filhos apresentam coceira na região dos olhos, vermelhidão ou secreção nos olhos em excesso, é necessário levá-los ao oftalmologista”, orientou.

Jornalista – estagiário: Felipe Caires.

Créditos: Wagner Morente.

DSC_4131a DSC_4140a DSC_4112a DSC_4122a

 

 

Alunos de Limeira participam de exposição de artes

Os trabalhos desenvolvidos pelos alunos do 1º ao 5º ano da escola municipal Professora Aracy Nogueira Guimarães, do bairro Lagoa Nova, foram expostos durante a 1ª Expô Arte Aracy. A amostra foi realizada entre os dias 24 e 28 de novembro com os projetos desenvolvidos durante 2014.

De acordo com a coordenadora pedagógica, Adriana Serrano, todos os trabalhos produzidos foram 100% manual. Eles tiveram o objetivo de envolver as áreas do conhecimento, como as disciplinas de ciências, geografia, história, além do aprendizado e desenvolvimento sobre a arte. “Todos os trabalhos expostos aqui, são de autoria dos próprios alunos. Este mês de novembro trabalhamos bastante a cultura afro, conforme está estabelecido no currículo pedagógico da Secretaria de Educação”, explicou.

Adrina conta que as obras expostas foram inspiradas em pintores e artistas famosos, como Pablo Picasso. A maior parte dos trabalhos foi desenvolvida com base na cultura africana. Outro aspecto que chamou a atenção foi os materiais reutilizados que serviram para a confecção dos trabalhos. Segundo ela, a equipe pedagógica também teve a intenção de desenvolver as questões que envolvem a preservação do meio ambiente.

“Com este projeto foi possível despertar nos alunos, não somente o desenvolvimento da arte, da imaginação, da criatividade, mas, também foi possível passar o comprometimento de conscientização, de reutilização e reciclagem dos materiais que utilizamos para confeccionar os trabalhos. A maior parte dos trabalhos foi confeccionada com material reciclável e tudo foi desenvolvido na própria escola”, destacou.

Para agregar ainda mais o trabalho, a escola levou os alunos para visitarem a Bienal de Artes, em São Paulo, que é a terceira maior exposição de artes contemporânea do mundo. Os alunos da escola Aracy tiveram a oportunidade de conhecer grandes obras, inclusive, de artistas internacionais. “Foi um momento único para os alunos. Eles ficaram encantados desde o trajeto da nossa viagem. É o dever da escola proporcionar a inclusão e acesso ao saber para essas crianças”, salientou.

Os alunos trabalharam com desenhos pontilhados, abstratos, atividades de colorir, identificaram as cores quentes e cores frias e construíram baobás, que é uma espécie de árvore nativa da África. Além disso, tiveram aulas de fotografias que ajudou na elaboração dos trabalhos para a exposição.

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Wagner Morente.

DSC_1533a DSC_1516a

 

 

ATENÇÃO

Professores que prestaram o Processo Seletivo 04/2014 – Secretaria Municipal de Educação

ATRIBUIÇÃO DE CLASSES / AULAS

FUNDAMENTO LEGAL: Resolução SME nº 09 de 02/12/2014 – JOM – 04/12/2014 – págs. 06 e 07 – ANEXO I

Dia 06/01/2015 – 8:00 hs.

Professor de Ed.Artística – Sala 43 – Centro de Formação do Professor

Professor de Ed.Física – Sala 35 – Centro de Formação do Professor

Dia 07/01/2015 – 8:00 hs.

Teatro Nair Belo – Centro de Formação do Professor

Professor de Educação Infantil

Professor de Ensino Fundamental

Professor de Educação Especial

Dia 08/01/2015 – 8:00 hs.

Teatro Nair Belo – Centro de Formação do Professor

Atribuição de aulas de Artes/Ed.Artística e Ed.Física, aos professores aprovados no Processo Seletivo 04/2014, com formação polivalente.

Projeto lúdico leva cultura e conscientização aos alunos

Na Semana da Consciência Negra, a banda Henrique Marques, que integra o projeto “Arte com Arte”, promovido pela Secretaria de Cultura de Limeira, contagiou os alunos do centro infantil Irmã Maria José de Jesus Silva com as apresentações que destacaram a diversidade cultural e as histórias que retratam a trajetória da cultura afro na sociedade.

 

Segundo a coordenadora pedagógica, Marislei Darci Camargo Rocha, as crianças interagiram e dançaram junto com a banda. “A explosão de alegria nos rostinhos das crianças era evidente, tornando nosso dia muito especial. Temos a certeza de que levarão na memória essa deliciosa experiência” destacou.

 

O objetivo do projeto “Arte com Arte” é promover apresentações didáticas para fomentar novas perspectivas e linguagens artísticas com os alunos da rede municipal de ensino.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Divulgação.

Arte_Arte_01 Arte_Arte_

Prefeito visita mais duas escolas municipais

Duas escolas da rede municipal de ensino de Limeira receberam a visita do prefeito Paulo Hadich e da assessora executiva da Secretaria de Educação, Isabel Cristina Rossi Mattos. As visitas desta quarta-feira, 26 de novembro, ocorreram nas EMEIEFs( Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Limeira e Prada.

 

O prefeito conversou com servidores das escolas, visitou as instalações e fez questão de entrar em todas as salas de aulas para um bate-papo com as crianças, o que causou muita empolgação nos alunos. Com os professores, Hadich também conversou sobre o conteúdo pedagógico que é ministrado nas aulas.

 

A diretora da escola Limeira, Joseli Maria Bonin Bueno, disse que a visita do prefeito é um processo importante e positivo. “É importante essa proximidade não só para conhecer o trabalho que estamos desenvolvendo, mas, também, as necessidades de cada unidade escolar”.

 

Hadich destacou que as visitas nas escolas são importantes e valorizam ainda mais os servidores que se dedicam para que a educação pública tenha mais qualidade. “Sabemos que educação é um desafio para todos, e investir em educação é um trabalho de longo prazo. Mas, só assim teremos uma educação de qualidade em nossa cidade”.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Wagner Morente.

DSC_1368a DSC_1225a DSC_1268a DSC_1279a DSC_1288a DSC_1317a DSC_1353a DSC_1362a

Atribuição de Classes 27 e 28/11/2014

EDUCAÇÃO INFANTIL
Unidade Escolar Tipo Classe Período tipo de afastamento
EMEIEF MAJOR JOSÉ LEVY SOBRINHO EI 2ª ETAPA A MANHÃ LIC.SAÚDE ATÉ 19/12/14
ENSINO FUNDAMENTAL
Unidade Escolar Tipo Classe Período tipo de afastamento
EMEIEF BENEDICTA DE TOLEDO EF MAIS EDUCAÇÃO TARDE 09 H/A SEMANAIS
EMEIEF MAJOR JOSÉ LEVY SOBRINHO EF 3º ANO F TARDE LIC.SAÚDE ATÉ 19/12/14
EMEIEF PRADA EF 1º B TARDE LIC.GESTANTE ATÉ 19/12/14
EDUCAÇÃO ESPECIAL
Unidade Escolar Tipo Classe Período tipo de afastamento
EMEIEF JOSÉ JUSTINO CASTILHO EE SALA DE RECURSOS MANHÃ LIC.SAÚDE ATÉ 18/12/14

Zoológico de Limeira tem espaço de leitura sobre educação ambiental

O novo Zoológico Municipal, inaugurado pela Prefeitura de Limeira na última quinta-feira, 19 de novembro, criou espaços tematizados com objetivo pedagógico. Nestes espaços as crianças recebem informações sobre o meio ambiente e assim é possível agregar o aspecto educativo e ampliar a dimensão do lazer.

 

 

José Claudinei Lombardi, secretário de Educação, destaca que o projeto é de grande importância formativa para as crianças e adultos que visitarão o zoológico. Assim, a possibilidade de um processo informativo e educativo é mais amplo. “A parceria entre o zoológico e a biblioteca pedagógica é mais uma possibilidade de atuação conjunta entre as Secretarias de Educação e de Meio Ambiente, num momento em que a questão ambiental torna-se premente para a própria sobrevivência da humanidade”, frisou.

 

 

De acordo com a bibliotecária da Secretaria de Educação, Taciana Lefcadito Alvares, a biblioteca pedagógica disponibilizará livros com assuntos relacionados à natureza, animais e educação ambiental. “Pretende-se fazer atividades com contação de histórias utilizando a literatura infantojuvenil. A intenção é conscientizar as crianças sobre a relação do homem com a natureza e ampliar os conhecimentos sobre a fauna brasileira”, informou.

 

 

A técnica ambiental do zoológico, Juliana Munhoz, destaca o projeto como uma forma de promover educação ambiental. “Educação não se faz sozinho. A abertura do Zoológico Municipal não será caracterizada como uma ação isolada. Nosso intuito com este espaço dentro do Zoo é reafirmar nosso compromisso com a educação, pois, para se fazer educação ambiental é necessário antes de tudo educar. A educação é um processo, o qual acreditamos ser construído em rede, ninguém troca conhecimento e experiências sozinho.

 

 

Juliana destacou que existe a intenção de abrir o espaço da educação ambiental do zoológico para professores da rede municipal, de forma que eles possam ter um dia de aula diferenciado utilizando o espaço. “Tanto o Zoo, quanto o Núcleo de Educação Ambiental e a Zooteca fazem parte deste espaço. Pretendemos também estender a parceria para momentos de contação de histórias em um futuro próximo”, comentou.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Divulgação.

DSC_0721 DSC_0713 DSC_0712 DSC_0717

Escola municipal promove interação entre crianças e meio ambiente

Alunos da escola municipal Deputado Laércio Corte visitaram o meliponário de Limeira. A visita faz parte do projeto de educação ambiental que tem o objetivo de conscientizar as crianças, de forma mais efetiva, sobre o tema. Os alunos do 1º ano (1 e 2) puderam conhecer as diferentes espécies de abelhas e o sistema de produção de mel. O meliponário é uma coleção de colmeias de abelhas de vários tipos, todas sem ferrão.

 

As crianças também aprenderam sobre a necessidade de preservação e o plantio de novas árvores. O meliponário é instalado na rua Candido Portinari,527, Vila Independência. A atividade com os alunos ocorreu durante o mês de novembro.

 

Segundo a vice-diretora, Márcia C. Scarpa Schimitt, para que a realização do projeto fosse completa, todo o desenvolvimento didático foi realizado de forma conjunta entre as três professoras de artes, Rosana Ap. T. da Silva, Cláudia C. D. Almeida e Paula Carolina Piram. As professoras trabalharam para o desenvolvimento do projeto didático que desenvolveu o tema, “Primavera: Para uma cidade com mais árvores”.

 

“Nossa intenção foi desenvolver nos alunos a conscientização mais efetiva com o meio ambiente, onde um das atividades foi aula externa no meliponário. Lá, as crianças aprenderam sobre abelhas sem ferrão e sua importância na polinização das flores e reprodução das plantas”, comentou a vice-diretora.

 

Márcia ressaltou que além de aprender sobre a preservação, polinização, diferenças sobre as diversas espécies de abelhas e qual a função de cada uma na natureza, os alunos aprenderam também sobre manutenção da vida no planeta Terra. “Eles adoraram o contato com as abelhas sem ferrão. O passeio foi bastante produtivo para ampliar o conhecimento sobre o que representa o meio ambiente em cada um deles”, destacou.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira