Projeto orienta população quanto à erradicação do trabalho infantil

A Secretaria de Educação, por meio do Serviço Social Educacional, em parceria com a Emeief Professora Evangelina Mauro e do Centro Infantil, Professora Márcia Helena Baldove Bettoni, promoveu uma ação refente à Erradicação do Trabalho Infantil (ETI). A ação que teve o objetivo de desenvolver o projeto, “Sensibilização na Sala de Espera”, ocorreu nesta segunda-feira, 8 de junho, no Centro de Saúde da Família (CSF), do bairro Graminha.

 

O evento é alusivo ao dia 12 de junho, data em que marca o “Dia Mundial do Combate ao Trabalho Infantil”. A atividade foi promovida para sensibilizar e levar ao conhecimento dos pacientes que aguardavam na sala de espera do CSF. Foram entregues informativos e orientações acerca do tema.

 

A ação foi realizada pela assistente social da Secretaria de Educação, Tatiana Coelho e pela assistente social do CSF do Graminha, Andreza Costa. “Os pacientes e acompanhantes que aguardavam na sala de espera, além de funcionários do CSF, foram orientados quanto aos agravos à saúde que o trabalho infantil pode acarretar”, informou Tatiana Coelho.

 

O evento contou também com a presença da diretora Neuzeli Venâncio, da escola Evangelina Mauro Vieira; e também da diretora Diná Fischer, do Centro Infantil Márcia H. B. Bettoni. Também participaram da ação, a coordenadora do CSF, Carina Baptistela, além dos médicos que estavam em atendimento.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Divulgação

 

20150608_081118 20150608_082711 20150608_084039 20150608_084918 20150608_085101

Atribuição de Classes 11 e 12/06/2015

ENSINO FUNDAMENTAL
Unidade Escolar Tipo Classe Período tipo de afastamento
EMEIEF ALFREDO CHRISTIANO STAHLBERG EF 2º/3º ANO MANHÃ READAPTAÇÃO TEMPORÁRIA
EMEIEF CASSIANA MARIA SOARES LENCI EF 4º ANO C MANHÃ PROF.COORD.
EMEIEF PRADA EF 4º ANO B MANHÃ AFAST.JUNTO À S.M.E.
CEIEF RAFAEL AFFONSO LEITE EF MAIS EDUCAÇÃO TARDE 05 H/A – LEITURA
CEIEF RAFAEL AFFONSO LEITE EF MAIS EDUCAÇÃO TARDE 05 H/A – MATEMÁTICA
ENSINO FUNDAMENTAL
Unidade Escolar Tipo Classe Período ESPECIALIDADE Nº de aulas
EMEIEF MAJOR JOSÉ LEVY SOBRINHO EF 4º ANO D TARDE ARTES 3
EMEIEF MAJOR JOSÉ LEVY SOBRINHO EF 4º ANO E TARDE ARTES 3
EMEIEF MAJOR JOSÉ LEVY SOBRINHO EF 5º ANO C TARDE ARTES 3
EMEIEF MAJOR JOSÉ LEVY SOBRINHO EF 5º ANO D TARDE ARTES 3
EMEIEF MARIA MADALENA VASCONCELLOS DA SILVA EF 3º ANO 3 TARDE ARTES 3
EMEIEF MARIA MADALENA VASCONCELLOS DA SILVA EF 3º ANO 4 TARDE ARTES 3
EDUCAÇÃO INFANTIL
Unidade Escolar Tipo Classe Período tipo de afastamento
EMEI BRUNO RIZZO MAROSTEGAN EI 1ª ET B TARDE APOSENTADORIA
EDUCAÇÃO INFANTIL
Unidade Escolar Tipo Classe Período ESPECIALIDADE Nº de aulas
CEIEF ARLINDO DE SALVO EI M II A MANHÃ ARTES 2
CEIEF ARLINDO DE SALVO EI M II B MANHÃ ARTES 2
EMEI BRUNO RIZZO MAROSTEGAN EI 1ª ET A MANHÃ ARTES 2
EMEI BRUNO RIZZO MAROSTEGAN EI 2ª ET A MANHÃ ARTES 2
EMEI PAULO CÉSAR PROVINCIATTO EI 2ª ET A MANHÃ ARTES 2
EMEIEF CASSIANA MARIA SOARES LENCI EI 1ª ET A MANHÃ ARTES 2
EMEIEF CASSIANA MARIA SOARES LENCI EI 2ª ET A MANHÃ ARTES 2
EMEIEF CASSIANA MARIA SOARES LENCI EI 2ª ET B MANHÃ ARTES 2
CEIEF RAFAEL AFFONSO LEITE EI M II B TARDE ARTES 2
CEIEF RAFAEL AFFONSO LEITE EI M II C TARDE ARTES 2
EMEIEF BENEDICTA DE TOLEDO EI M II B TARDE ARTES 2
EMEIEF BENEDICTA DE TOLEDO EI 1ª ET B TARDE ARTES 2
EMEIEF BENEDICTA DE TOLEDO EI 2ª ET A TARDE ARTES 2

Alunos de Limeira participam de projeto cultural

Cerca de 670 crianças da rede municipal de ensino assistiram os curtas-metragens educativos do Cine-Escola, que faz parte do projeto Arte-Educação, desenvolvido por meio de uma parceria entre as secretarias de Educação e Cultura. O projeto tem o objetivo de proporcionar aos alunos um momento de cultura e lazer, através de desenhos animados que trazem reflexões e aprendizagem. As exibições ocorreram nesta terça-feira, 2 de junho, em dois períodos, manhã e tarde, no Teatro Vitória.

 

Esta é a segunda vez que o projeto está levando cultura, por meio do cinema, aos alunos das escolas municipais. O projeto deve contemplar todos os alunos do ensino fundamental da rede municipal.

 

Para a professora, Rosa Maria Gonçalves, da escola Professora Maria Aparecida Degaspari, esse projeto tem um fundamento muito positivo e também é uma oportunidade de trazer os alunos para conhecerem um espaço de cultura.

 

“Achei bastante interessante como as crianças foram acolhidas ao espaço, e como elas foram situadas sobre o espaço antes de começarem os curtas. Tenho um aluno cadeirante, e me chamou a atenção todo o cuidado desde o transporte até o acesso dele ao teatro. Isso faz toda a diferença para as crianças”, salientou.

 

Rosa também destaca a importância do projeto no desenvolvimento escolar dos alunos. “É uma oportunidade das crianças ampliarem o repertório pedagógico e cultural dos alunos, tudo isso contribui muito para o desenvolvimento de cada um. Uma outra questão importante retratada nos filmes, foi sobre as diferenças, no sentido das crianças saberem lidar com as diferenças entre elas. Esse projeto deve continuar e ser ainda mais ampliado”, frisou.

 

O aluno Pedro Henrique Lopes, de 7 anos, cadeirante, explicou que essa foi a primeira vez que ele esteve no teatro. De forma tímida, mas com brilho nos olhos, ele conta sobre a história que mais chamou a sua atenção.“Eu gostei muito de todas as histórias, mas a que eu mais gostei foi sobre os coelhinhos”. Foi a primeira vez que eu vim ao teatro e achei muito legal”, contou.

 

Os alunos, Isabelle Caroline H. Costa e Gustavo Rafael Delatore, ambos de 7 anos, observaram todos os detalhes dos filmes. Segundo eles, a história dos coelhinhos foi o que mais despertou a curiosidade, além da história da menina que ganhava um saco de dinheiro. “No filme do coelhinho todo mundo precisava se ajudar para sobreviver. E no filme da menina com saco dinheiro, mostrou que para eles conseguirem algo, eles devem trabalhar em conjunto”, explicaram as crianças.

 

Depois das apresentações dos filmes, os alunos irão fazer, como tarefa de casa, um trabalho escrito ou por meio de um desenho, explicando o que aprenderam com as histórias que assistiram. Os trabalhos serão entregues na Secretaria de Cultura, que irá avaliar quais foram os melhores trabalhos.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Adilson Silveira
Foto Adilson Silveira (1) Foto Adilson Silveira (2) Foto Adilson Silveira (3) Foto Adilson Silveira (4) Foto Adilson Silveira (5) Foto Adilson Silveira (6)

Educação abre inscrições para professores substitutos

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Educação, abre a partir desta terça-feira, 2 de junho, as inscrições do processo seletivo nº 001/2015, para professores substitutos de educação infantil, ensino fundamental, educação especial e professores especialistas de educação física e artes. As inscrições deverão ser realizadas através do site da empresa: www.makiyama.com.br/limeira, no período de 2 a 18 de junho. A data da prova está prevista para ocorrer dia 19 de julho.

 

A chefe do departamento de recursos humanos da Pasta, Ezilda Helena Di Giorno B. Da Silva, informou que o processo seletivo servirá para que os professores não efetivos garantam o direito de aulas nas atribuições do próximo ano, 2016.

 

“A contratação dos profissionais será realizada conforme a necessidade das unidades escolares, como em casos de faltas, afastamentos e licenças do titular do cargo ou função que vier a vagar durante o ano letivo”, destacou Ezilda.

 

Ezilda destacou que este processo nunca havia sido realizado nesta época do ano, e reforça a necessidade dos professores se atentarem às datas do processo seletivo para não perderem as aulas de 2016.

 

“Muitos professores que realizaram esse mesmo processo seletivo no ano passado, em 2014, acreditam que já estão garantidos para o próximo ano. É importante ressaltar que chamamos para ocupar as vagas que surgem, os profissionais que fizeram o processo seletivo correspondente ao ano de 2014. Para as vagas de 2016, todos deverão participar do processo seletivo deste ano, de 2015”, ressaltou.

 

O edital de abertura para as inscrições do processo seletivo foi publicado no Jornal Oficial do Município, no último sábado, 30 de maio. Para outras informações, acessar o edital pela página da Prefeitura de Limeira, por meio do endereço eletrônico:

http://serv90.limeira.sp.gov.br/netjornal/NetJornal_cns_edicoes_site/NetJornal_cns_edicoes_site.php?script_case_session=0v5lqu9qc5f83g38oofbirsm32

Jornalista: Vanessa Ferreira

Educadores participam de formação sobre Educação Ambiental

Coordenadores pedagógicos e professores da rede municipal de Limeira participaram da terceira formação sobre Educação Ambiental, promovida pela Prefeitura de Limeira, por meio das secretarias de Educação, e de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente. O tema discutido foi sobre a “Fauna e Flora Silvestre” – importância na proteção das águas, que faz parte do projeto “Gota d’água”. A formação ocorreu nesta segunda-feira, 25 de maio, no zoológico municipal.

 

A professora e coordenadora de ciências e educação ambiental da Secretaria de Educação, Adriana Müller Del Mondo, informou que esta formação teve o intuito de levar aos educadores a compreensão da relação dos humanos com os outros seres vivos e com o ambiente no qual está inserido, de forma que consigam transmitir este conhecimento aos alunos.

 

“Nosso maior objetivo junto aos educadores e às crianças é fomentar reflexões quanto a situações de impactos ambientais no cotidiano, promovendo mudanças de atitudes, consequentemente ações coletivas de melhoria neste ambiente”, destacou Adriana.

 

FORMAÇÃO:

 

As orientações foram passadas aos educadores de forma que eles pudessem orientar os alunos utilizando os recursos pedagógicos utilizados em sala de aula. A formação foi dividida em três momentos. No primeiro módulo foram passadas orientações sobre pauta, objetivo geral, diretrizes pedagógicas, interdisciplinaridade, cronograma, combinados para visitação, histórico do zoológico municipal, legislação sobre fauna silvestre, corpo técnico, rotina e ambientes do zoológico.

 

No segundo momento, os educadores foram separados em grupos. No grupo 1, o assunto abordado foi sobre recursos pedagógicos. No grupo 2, os educadores receberam informações, sobre o preparo de alimentos dos animais. O grupo 3, visitou os bastidores técnicos. Já o grupo 4, recebeu informações quanto ao tema em questão “Fauna e Flora silvestres”.

 

E no terceiro e último momento, o grupo de educadores realizou uma visita monitorada no zoo.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Adilson Silveira

Ambiental 1 Ambiental 3 Ambiental 4 Ambiental

 

 

Valorização do professor é discutida durante Cocem

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Educação, realizou a terceira etapa da 8ª Conferência Conjunta da Educação Municipal, a Cocem. Esta etapa teve o intuito discutir a jornada única do professor, a educação especial, a gestão democrática, conforme previsto no Estatuto do Magistério Municipal, além das diretrizes e metas do Plano Nacional da Educação.

 

O evento que ocorreu nesta sexta-feira, 29 de maio, no Teatro Nair Bello, contou com a presença do prefeito Paulo Hadich, da secretária de Educação, Adriana Ijano Motta, de representantes de entidades sindicais envolvidas com a categoria (Apeoesp, CPP e Sindsel), Conselho Municipal da Educação e educadores da rede.

 

No discurso de abertura da conferência, o prefeito falou sobre a importância de estabelecer metas e melhorias na educação municipal. “Fazer um governo com legitimidade sempre foi a nossa principal preocupação. A valorização do professor permitirá que o dia a dia na escola seja mais dinâmico e organizado, tendo sempre como norte, o aluno. Agradeço a cada profissional pelo trabalho feito com as nossas crianças. Quando se trabalha com educação, se faz por convicção, pensando em uma sociedade melhor, que só é possível com um processo educacional de qualidade”, afirmou.

 

A secretária de Educação, Adriana, frisou sobre a importância de concluir esta terceira etapa. “Esperamos concluir esta fase de forma coletiva. É importante que possamos discutir as questões mais relevantes que envolvem a nossa educação municipal”, destacou.

 

Para a presidente do Conselho Municipal da Educação, Ana Terezinha Carneiro Naleto, o objetivo principal é saber do que o aluno precisa para ter uma educação de qualidade. “É interesse da educação municipal, como um todo, entender o que os nossos alunos precisam para ter uma educação pública e de qualidade, para que possamos ao final, construir um Plano Municipal de Educação”, frisou.

 

“Nós estaremos sempre de portas abertas para receber e discutir a carreira dos professores e da educação de qualidade para os nossos alunos. Eu represento a categoria, nesse sentido, nosso objetivo sempre será o de avançar e melhorar a educação. Esse espaço de discussão é uma conquista”, destacou a vereadora, Érica Moraes.

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Wagner Morente

Cocem 1 Cocem 2 Cocem 3 Cocem

 

Alunos de Limeira produzem programa de TV para divulgação de atividades escolares

Os alunos da escola municipal, Professora Maria Apparecida de Luca Moore, em parceria com os alunos da escola estadual, Dom Tarcísio Ariovaldo Amaral, estão produzindo um programa de TV, a “TV Dom Luca”. A iniciativa tem a intenção de divulgar as atividades produzidas por eles, além de dar dicas de cultura, lazer, culinária e entrevistas com convidados. O programa está sendo veiculado na internet.

 

O Intuito principal do projeto é estimular ainda mais, nos alunos, o gosto pela pesquisa, pela leitura, além da oralidade e postura. Este projeto possibilita trabalhar com todas as áreas de conhecimento, pois a produção e a escrita ficam por conta dos próprios alunos, com apoio dos professores.

 

A princípio os programas estão sendo produzidos e veiculados todas às quintas-feiras, mas a intenção é de ampliar as plataformas de comunicação. Segundo a professora Julliana Souza, da Emeief Luca Moore, já fazia algum tempo que a escola tinha a intenção de fazer este projeto, como a produção de vídeos e divulgação dos trabalhos produzidos durante o ano.

 

“O idealizador do projeto é o oficineiro, Alison Alves. A ideia de produzir um canal de TV partiu dele. Nossa intenção também é produzir um site das escolas. Nós queremos fazer programas diversificados, com temas diferentes em cada dia da semana”, informou.

 

Juliana também informou que a ideia é que cada dia da semana seja produzido um programa que aborde um tema diferente e que tenha sempre uma apresentação, além da participação de um convidado. “O intuito é abordar em cada dia, além das atividades escolares, temas que envolvem cultura, culinária, educação e entretenimento. Queremos também que as apresentações, no início do programa, sejam produzidas pelos próprios alunos, além de um convidado para ser entrevistado. Informando que os repórteres são também os alunos”, destacou.

 

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Deise Hadich, foi a entrevistada desta quinta-feira, 21 de maio. O programa e toda a produção são realizados pelos alunos das duas escolas envolvidas no projeto de TV.

 

O próximo entrevistado do programa será o vereador José Farid Zaine. A entrevista ocorrerá na próxima quinta-feira, 28 de maio, na escola Luca Moore.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Divulgação

Luca Moore 1 Luca Moore

 

Atribuição de Classes 28 e 29/05/2015

ENSINO FUNDAMENTAL
Unidade Escolar Tipo Classe Período tipo de afastamento
EMEIEF JOSÉ JUSTINO CASTILHO EF MAIS EDUCAÇÃO MANHÃ 05 H/A – LEITURA
EMEIEF JOSÉ JUSTINO CASTILHO EF MAIS EDUCAÇÃO MANHÃ 05 H/A – MATEMÁTICA
EMEIEF JOSÉ ROBERTO BRAZ EF 3º ANO 1 MANHÃ VICE-DIRETOR
EMEIEF PRADA EF 2º ANO A MANHÃ PROF.COORD.
EMEIEF JOSÉ ROBERTO BRAZ EF MAIS EDUCAÇÃO TARDE 05 H/A – LEITURA
EMEIEF JOSÉ ROBERTO BRAZ EF MAIS EDUCAÇÃO TARDE 05 H/A – MATEMÁTICA
EMEIEF MARIA MADALENA VASCONCELLOS DA SILVA EF 2º ANO 6 TARDE LIC.SAÚDE ATÉ 14/07/15
ENSINO FUNDAMENTAL
Unidade Escolar Tipo Classe Período tipo de afastamento
EMEIEF JOSÉ ROBERTO BRAZ EF 1º ANO 2 TARDE ARTES 2
EMEIEF JOSÉ ROBERTO BRAZ EF 2º ANO 2 TARDE ARTES 2
EMEIEF JOSÉ ROBERTO BRAZ EF 3º ANO 2 TARDE ARTES 2
EDUCAÇÃO INFANTIL
Unidade Escolar Tipo Classe Período tipo de afastamento
CEIEF ARLINDO DE SALVO EI M II A MANHÃ LIC.GESTANTE ATÉ 16/11/15
EDUCAÇÃO INFANTIL
Unidade Escolar Tipo Classe Período ESPECIALIDADE Nº de aulas
CEIEF ARLINDO DE SALVO EI M II A MANHÃ ARTES 2
CEIEF ARLINDO DE SALVO EI M II B MANHÃ ARTES 2
CI CÉLIA REGINA SCIARRA EI M II C TARDE ARTES 2
CI CÉLIA REGINA SCIARRA EI 1ª ET A TARDE ARTES 2
CI CÉLIA REGINA SCIARRA EI 1ª ET B TARDE ARTES 2
CI CÉLIA REGINA SCIARRA EI 2ª ET B TARDE ARTES 2

Alunos de escola municipal participam de projeto de Kung Fu

Melhorar o deficit de atenção e a disciplina nas atividades educacionais dos alunos são os objetivos da Emeief Professor José Justino Castilho, com a parceria no projeto “Kung Fu, Formando Cidadãos”. Nesta quarta-feira, 20 de maio, os alunos do projeto fizeram uma apresentação ao prefeito Paulo Hadich.

 

Os alunos mostraram, ao prefeito, o quanto as atividades esportivas, por meio das artes marciais, têm contribuído para o desenvolvimento nas atividades escolares e também no comportamento em casa.

 

“Quero parabenizar cada um de vocês que participaram desta formação, principalmente aos diretores e professores da escola que se envolveram neste projeto. Uma das funções das artes marciais é trazer mais disciplina, confiança e autocontrole. Torço para que todos os alunos cresçam dentro do esporte e continuem praticando o kung fu”, destacou Hadich.

 

O projeto iniciou na escola em novembro de 2014, por meio de uma iniciativa do professor de educação física que indicou a escola ao projeto Kung Fu. O idealizador do projeto é o professor, Jairo Figueiredo. Até o momento, 40 crianças estão participando da iniciativa. Segundo o coordenador do projeto, Daniel Ventura, há uma parceria com a Secretaria de Esportes do Estado para a realização, além do apoio de alguns patrocinadores que custeiam os gastos com lanches e uniformes.

 

“Todo o financiamento do projeto vem através dos patrocinadores. Já estamos atendendo cerca de 80 crianças, entre a escola José Justino, e o núcleo do bairro Geada”, informou Ventura.

 

A vice-diretora da escola, Andreia Ventura, contou que o projeto tem contribuído muito com a questão da disciplina e principalmente nas atividades escolares. No entanto, está inserido no projeto Mais Educação, da “Escola em Tempo Integral”. “O projeto está envolvendo a comunidade. Nós temos alunos que já saíram da escola, porém, os pais estão nos procurando para colocarem o filho no projeto. Estamos tendo um retorno muito positivo”, afirmou.

 

O aluno do 5º ano, Pedro Henrique de Souza, de 10 anos, está se identificando muito com kung fu. Para ele, a atividade esportiva tem ajudado em sua rotina de casa e principalmente escolar. “Antes eu ficava em casa parado. Agora, eu tenho uma atividade para fazer. Na escola com as lições também tem ajudado muito”, comentou.

 

Para Benedita Rosa Gonçalves, mãe do aluno, Kauã Gonçalves, de 8 anos, o kung fu, tem contribuído com as atividades de sala de aula. Segundo ela, o filho tem melhorado o seu desempenho. “Ele se preocupa muito com o horário de aula do kung fu. Não pode perder hora. Ele está bastante entusiasmado com o projeto. Estou gostando muito com o trabalho desenvolvido por eles”, destacou.

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Adilson Silveira

Foto Adilson Silveira (1) Foto Adilson Silveira (2) Foto Adilson Silveira (3) Foto Adilson Silveira (4) Foto Adilson Silveira (5) Foto Adilson Silveira (6) Foto Adilson Silveira (7) Foto Adilson Silveira (8) Foto Adilson Silveira (9)

Alunos de Limeira recebem orientações sobre conscientização no trânsito

Os alunos da escola municipal Professora Marcia Aparecida Della Coletta Sillmann receberam orientações sobre trânsito consciente. A ação faz parte da campanha “Maio Amarelo – Atenção pela Vida”, da Prefeitura de Limeira em parceria com o governo estadual. A ação de conscientização para o uso do cinto de segurança visa conscientizar a população para promover um trânsito mais seguro (incluindo o uso do cinto de segurança no banco traseiro) e reduzir a ocorrência de acidentes. A visita à escola, realizada pela equipe de educação para o trânsito, da Secretaria de Mobilidade Urbana de Limeira, ocorreu nesta quarta-feira, 20 de maio.

 

A intenção da campanha nas escolas é conscientizar as crianças quanto à importância do cinto de segurança no banco traseiro. Após a palestra, os alunos receberam a cartilha da Cidade do Trânsito e um talão de multas fictício. “O objetivo é que as crianças sejam também interlocutoras do uso do cinto e levem a informação aos pais, além disso, a campanha também servirá para a formação da criança enquanto cidadãos conscientes”, afirmou a agente da equipe de educação para o trânsito, Gabriela Alves.

 

Ainda de acordo com Gabriela, a campanha está acontecendo todas as quartas-feiras no mês de maio. Nesta semana a campanha foi realizada em duas escolas, uma municipal e outra estadual. “Durante todo o mês, realizaremos atividades de conscientização que também envolverão palestras nas empresas da cidade”, informou.

 

Para a diretora da escola, Lilian Becatti da Silva Rodrigues, a conscientização no trânsito é trabalhada de forma contínua com os alunos, inclusive, faz parte do currículo pedagógico da Secretaria de Educação. “Nós não temos dificuldades para abordar o assunto com os alunos. As próprias crianças já trazem a informação acompanhada de dúvidas e perguntas. Dentro da sala de aula, as professoras abordam o assunto com orientações e sugerem reflexões, além das atividades práticas, como trabalhar a questão do acidente, a importância de respeitar a sinalização e o limite de velocidade”, salientou.

 

Lilian ressaltou que as atividades realizadas sugerem o desenvolvimento consciente, como valores e respeito. “A escola tem também o papel de orientar as crianças a serem cidadãos conscientes e esclarecidos, mas, acima de tudo, que saibam respeitar o próximo”, frisou.

 

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Adilson Silveira

Foto Adilson Silveira (1) Foto Adilson Silveira (2) Foto Adilson Silveira (3) Foto Adilson Silveira (4) Foto Adilson Silveira (5) Foto Adilson Silveira (6) Foto Adilson Silveira (8)