Monitores da rede passam por processo de formação

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria da Educação, realizou no dia 14 de maio, a formação dos monitores do berçário 2, que fazem parte da rede municipal. A diretoria de formação conta que a escolha do título não foi por acaso. O objetivo, segundo os responsáveis pelo treinamento, com a afirmação “Os bebês vão à escola”, é enfatizar a importância do trabalho desenvolvido com as crianças de zero a três anos nas creches.

“Consideramos esse nível da educação escolar como segmento de ensino. Portanto, as creches são escolas e devem planejar e organizar o fazer pedagógico dirigido às crianças pequenas, levando em consideração as condições físicas dessa faixa etária”, explica a diretoria.

A diretoria de formação adianta que irão acontecer outros encontros de formação dos monitores da rede, ao longo do ano letivo.

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Divulgação

1517586_720594787982303_3212417836522288683_n 10250066_720594757982306_5213694043497962100_n 10322801_720594721315643_8668638851751177469_n

Educação promove formação de diretores da rede

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria da Educação, está promovendo a formação dos diretores da rede municipal de ensino. Os encontros são quinzenais e acontecem às quartas-feiras, entre o mês de abril e agosto de 2014. Os assuntos tratados na formação têm o intuito de estabelecer diretrizes e metas quanto aos projetos pedagógicos e gestão administrativa de cada unidade escolar.

A coordenação da formação está a cargo da Divisão de Supervisão, sendo ministrada pelos Agentes de Desenvolvimento Educacional (ADEs) da secretaria, Adonai Cesar Mendonça, Ary Donizete Machado e Sandrine Cristina I. Rossini.

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Divulgação

10257352_720568341318281_4487284873366454333_n 10290605_720568311318284_7873441722348386862_n 10373743_720568284651620_9162859384062632325_n

Limeira sedia novo encontro do projeto Todos Pelos Direitos, da Apae São Paulo

A Prefeitura de Limeira recebeu mais uma palestra do projeto “Todos pelos Direitos”, da Apae de São Paulo, que visa a defesa dos direitos da criança e do adolescente com deficiência intelectual. O evento foi realizado nesta quarta-feira, dia 14 de maio, no Teatro Nair Bello, na Secretaria de Educação, localizada no Parque Cidade de Limeira.

Participaram do evento a doutora em psicologia Rita de Cássia Kileber Barbosa e a assistente social Lilian Pinheiro da Cruz, ambas da Apae de São Paulo, a assistente social Uiara Walquíria Welk, da Apae Limeira, a assistente social Sirlene Maria de Oliveira, da Secretaria de Saúde, além de integrantes do Ceproson e da Secretaria de Educação. O evento contou ainda com representantes de diversos segmentos da sociedade civil.

Durante o encontro, foi discutida a estrutura de atendimento à pessoa com deficiência em Limeira, desde a atenção básica até os serviços de alta complexidade. Segundo Sirlene, a iniciativa tem sido positiva, no sentido de reforçar o vínculo entre os envolvidos na questão. “Estamos buscando o trabalho em rede, para melhorar o atendimento à pessoa com deficiência”, disse.

Para Uiara, o projeto é importante para o desenvolvimento de novas políticas públicas que atendem as pessoas com deficiência. “A união de várias cidades é vital para o fortalecimento das ações do projeto “Todos pelos Direitos”. Essa articulação trará benefícios tanto para os usuários da Apae quanto para seus familiares”, destacou.

Todos pelos Direitos

O projeto Todos pelos Direitos, da Apae São Paulo, é desenvolvido em 43 municípios de São Paulo e procura identificar situações de violência vivenciadas por essa parcela da população, além de promover a articulação de uma rede de defesa dos direitos e de propor políticas públicas para o setor.

A ideia para elaborar o projeto nasceu a partir da experiência da Apae de São Paulo, ao detectar que as pessoas com deficiência são mais vulneráveis à violência ou a violação de seus direitos, principalmente devido à dificuldade de verbalizar essas experiências.

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Fabiano Costa

IMG_0593 1531929_720594014649047_895860202840445324_n (1) BLOG 15-05-14

Novas creches beneficiarão a população de Limeira

A assinatura da ordem de serviço para a construção da creche no bairro Manoel Simão de Barros Levy, em Limeira, ocorreu neste sábado, 10 de maio. A cerimônia, realizada na área da obra, contou com a presença do prefeito Paulo Hadich, do vice-prefeito Antonio Carlos Lima, secretários do Executivo, vereadores e moradores do bairro.

Esta creche atenderá 112 crianças de 0 a 5 anos e 11 meses, em período integral. A área construída terá 1.324 m² e a obra está orçada em R$ 2,1 milhões, sendo que R$ 650 mil serão pagos pela Prefeitura de Limeira e o restante é custeado por meio do PAC-2, Programa Nacional de Reestruturação e aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância).

Hadich destacou que está unidade é a primeira de outras cinco que já foram aprovadas. Segundo o prefeito, em breve o município terá 10 novas creches onde as mães que trabalham poderão deixar tranquilamente as crianças. “Mais que isto, o objetivo principal é iniciar o processo de aprendizado e criação de homens e mulheres de bem”, afirmou.

O secretário de Educação, José Claudinei Lombardi, o Zezo, lembrou que a construção da creche quebra um jejum de mais de 10 anos sem a cidade receber investimentos do governo federal. A previsão, com a conclusão das creches, é que a demanda por vagas seja zerada. “Zeramos a demanda, mas o que é mais importante, trabalhamos com uma educação pública de qualidade e atendemos também em período integral.”

Durante o evento, alunos da Emeief Professora Maria Apparecida Luca Moore fizeram uma apresentação de dança e as crianças da comunidade puderam brincar na cama elástica. Também foram distribuídos pipoca e algodão doce.

 Jornalista: Agnaldo Rodrigues

Créditos: Wagner Morente

DSC_0251a DSC_0367a

Escola promove colheita das batatas com alunos do projeto

Educação:

Dando continuidade ao projeto “Plantando Batata com Ciência”, a Secretaria da Educação, por meio da Ceief Professora Jamile Caram de Souza Dias, realizou a colheita das batatas, que foram plantadas e cultivadas pelos alunos do 5º ano do ensino fundamental. A colheita aconteceu na última quinta-feira, 8 de maio, e o projeto tem o objetivo de despertar a conscientização da criança para o cultivo e manejo sustentável, por meio da batata.

Para desenvolver o projeto que acontece há cinco anos, a escola conta com ajuda do engenheiro agrônomo e idealizador do projeto, José Alberto Caram de Souza Dias.

Caram explica que o objetivo desse projeto é ensinar aos alunos a importância de preservar a saúde da planta, desde o plantio até a colheita. Para isso, ele enfatiza a importância de introduzir projetos como este nas escolas.

“É preciso despertar o interesse dos alunos para a agricultura. Os alunos precisam saber identificar uma planta ou um alimento saudável, para que, no futuro, previnam-se de doenças”, frisa.

Antes da colheita, os alunos fizeram uma apresentação da dança “Maculelê”, de origem afro-indígena. De acordo com a professora da escola, Viviane Cristina Giuste, o objetivo foi simbolizar a colheita, as plantas e os alimentos.

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Divulgação

1601295_716894125019036_896494078600051601_n 1656214_716895928352189_2194094071938734508_n 10255863_716889088352873_4422575818679935788_n 10256229_716896288352153_8682726011328572156_n 10277539_716890981686017_9218873345514875404_n 10294329_716892111685904_546561736403866738_n 10308055_716888251686290_1193820259650950994_n

 

Escola destaca a importância do esporte e faz preparativos para a copa

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Educação, realizou o 1º Campeonato de Handball com os alunos dos 3º e 4º anos do ensino fundamental da Emeief Limeira. A educação física faz parte da grade curricular das escolas. De acordo com a diretora da unidade, Joseli Maria Bonin Bueno, este ano, com a vinda de professores especialistas nas áreas de artes e educação física, está sendo possível despertar o interesse dos alunos para o esporte e para as artes de forma mais aprofundada.

“Antes, as aulas de educação física eram ministradas por professores polivalentes. O intuito das aulas era caracterizado como brincadeira e descontração com as crianças. Agora, com os professores especialistas, os alunos têm um entendimento e conhecimento maior”, explica.

Ainda de acordo com a diretora, nas aulas de Educação Física, é possível trabalhar diferentes formas com os alunos, como: movimento, música e modalidades esportivas. Mas o currículo dessa disciplina ainda está sendo construído na grade da rede municipal.

Rose frisa que a vinda dos professores especialistas, para as crianças, foi uma grande conquista.“Temos crianças que começaram a procurar o esporte fora da escola. As aulas ajudam a despertar o interesse pelo esporte”, comenta.

Para marcar a final do campeonato de handball, disputado pelo masculino e feminino, os alunos do 4º ano realizaram uma apresentação musical para dar inicio à abertura da final dos jogos.

A professora Tania Dodiack M. Geraldello conta que, todas as quartas-feiras os alunos realizam apresentações de dança. As crianças escolhem as músicas e a coreografia é montada pelas professoras, o que ajuda muito nas atividades esportivas.“O objetivo é trabalhar a parte motora, equilíbrio, interação, expressão corporal e desinibição das crianças”, esclarece.

Copa

Outro projeto para dar as boas vindas à Copa do Mundo está sendo preparado pela escola. A diretora conta que uma das músicas oficiais da copa, interpretada pela cantora Gabi Amarantos, está sendo ensaiada com as crianças.

“O clipe da música será cantado e coreografado pelos próprios alunos. Há também um quadro na escola que simboliza a contagem regressiva para os jogos”, conta.

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Divulgação

1972254_718957121479403_1801918417163130172_n 10247291_718960694812379_5842268129375407626_n 10250142_718959221479193_3199057634236240967_n 10256206_718956551479460_6063827222283594483_n 10262237_718957508146031_833413200199026232_n 10304770_718960388145743_6856149645273164378_n 10313960_718958521479263_5623297187868573716_n 10336750_718959538145828_5650414996889831567_n 10363375_718958788145903_327238944247011856_n

Escola comemora Dia das Mães com festas e conscientização

Na sexta-feira, 9 de maio, a Emeief Deputado Laércio Corte realizou uma homenagem ao Dia das Mães, comemorado neste domingo, dia 11. De acordo com o diretor da escola, Walmir Alves Pereira, o objetivo maior, além da importância  de comemorar  a data, é a valorização do papel da mãe na vida escolar do estudante e uma melhor aproximação com  a comunidade.

“Além das homenagens, destacamos o  desfile de alunas com as roupas das mães, representando e caracterizando as canções e poemas de autoria das próprias alunas”, explicou Pereira.

Jornalista: Vanessa Ferreira

Créditos: Divulgação

DSC01665 DSC01670 DSC01695 DSC01722 DSC01784 DSC01785 DSC01802

Sala de Informática é inaugurada em Centro Comunitário

A Prefeitura de Limeira inaugurou na tarde desta sexta-feira, 9 de maio, uma sala de informática com 16 novos computadores no Centro Comunitário do Ernesto Kühl. A inauguração contou com a presença do prefeito, Paulo Hadich, e de alguns secretários envolvidos com o projeto municipal Dias Melhores.

O uso dos novos computadores é destinado para as crianças, de 6 a 11 anos, que participam das atividades oferecidas pelo centro comunitário do local. Em média, por dia, 250 jovens são atendidos, em horário oposto do escolar. “São crianças com dificuldades de aprendizagem escolar que estão aqui para desenvolver não apenas nos assuntos escolares, mas nas questões sociais. Basicamente melhorar o desempenho”, explica a coordenadora do projeto do centro comunitário, Letícia Ijano Motta.

Hadich aproveitou para visitar toda a estrutura do prédio, que conta também com sala de artes, biblioteca, sala de música e dança e sala lúdica. Em seguida, o prefeito assistiu as apresentações de dança dos alunos. “Que vocês cuidem do centro comunitário porque ele pertence a vocês”, incentivou Hadich. O prefeito ainda deixou claro que a prefeitura, por meio das secretarias envolvidas, irá buscar ampliar as atividades no local.

“Ensaiamos por mais de dois dias pra nos apresentarmos hoje”, comentou empolgada a aluna Ana Júlia Pascotto, que se apresentou ao som de Adriana Calcanhoto.

Para o secretário municipal de Educação, José Claudinei Lombardi, a sala de informática representa o acesso tecnológico. “Nesse tempo de internet, é isso que queremos proporcionar, acesso à tecnologia. Essa conquista é de vocês”, completou.

As secretarias envolvidas no projeto Dias Melhores são Esporte e Lazer, Cultura e Educação, além da autarquia Ceprosom (Centro de Promoção Social de Limeira).

 

Jornalista: Liandra Santarosa

Créditos: Wagner Morente

DSC_9627a DSC_9639a DSC_9646a DSC_9733a DSC_9758a